segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

P14: Voar baixinho!!!

.
.

Pois é, caro Joaquim!
Não foi dia de chabéu, mas aqui há uns tempos, vai fazer 37 anos no próximo 25 de Março, meti-me numa boa caldeirada lá para os lados de Guileje.
Que alguma coisa me caíu mal, o facto é que saí de charola e nem a garrafa de bicarbonato que levava ao colo ajudou a digerir os efeitos do repasto...
O meu aspecto não devia estar lá grande coisa pois houve uma alma caridosa que me pôs umas flores em cima, provavelmente pensando que eu me ia finar já ali...
Mas a verdade é que o tempo cura tudo e logo fiquei pronto para outra (cruzes, canhoto!).
Um abraço aos leitores desta Tabanca.
Miguel Pessoa
.
.

2 comentários:

José Belo disse...

Meu Coronel...francamente! Nao terao sido antes os históricos.......NINHOS DE CAMARAO?Um grande-grande abraco.

José Belo disse...

PARTIU de imediato algum novo e sofisticado materia,para tentar compensar o balanco dos ares.Mas como nao sei fazê de modo a voar directamente para o ojectivo espero que algum menbro das forcas..PALMIDES(!) locais o consiga fazer.