quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

P173: DE MARRETA PARA MARRETA...

                                                                                                                                                     MP

9 comentários:

Joaquim Mexia Alves disse...

O Vasco é bem conhecido pelo seu humor, bem como o Miguel!

Por isso mesmo estas quadras têm a óptima intenção de descomprimir a situação muito delicada pela qual o Vasco passou!

Por isso mesmo, também, está de parabéns o Miguel, porque servindo-se do humor ajuda o seu e nosso amigo a ultrapassar o momento.

A curiosidade é muita para ler a resposta do Vasco, daqui a uns dias, claro, porque agora é para descansar.

Grande abraço aos dois e a todos.

É bom ter amigos assim!

Hélder Valério disse...

Caros amigos

Esta boa disposição evidenciada pelo poema do Miguel é, em simultâneo, um bálsamo que pode ajudar na recuperação do Sr. D'A e ao mesmo tempo um bom exemplo do que deve ser a atitude mais adequada para enfrentar estes contratempos.

A parte final do poema é interessante porque, se levanta a dúvida sobre o que podemos esperar, se irá coxear ou urinar pelo sovaco, deixa de fora o que poderia ser uma outra dúvida, o que efectivamente estaria 'entupido'...

Abraços
Hélder S.

Anónimo disse...

Só falta quem arranje uma música para a letra deste grande poeta dos ares e logo se arranjará um coiro para cantar ao Vasco.

A dúvida também a tenho, como será a resposta a esta última quadra? Vamos ter que aguardar para ver se coxeia.

Um abraço e as melhoras do Vasco.
BS

J.Belo disse...

E eu que julgava que a Forca (com cedilha!!!)Aérea só tinha..."Uniformes cinzentos"!

Anónimo disse...

Não, não amigo J. Belo. Essa "Forca (com cedilha!!!) tem gente de Uniformes bem coloridos, que nos põem corados de tanto rir pelo talento da rima que é por uma boa causa, a ajuda prestada deste modo tão engraçado, ao nosso amigo Vasco. A boa disposição é meia cura. Eu hoje, já me fartei de rir só de os ler. Mas espero que a recuperação seja rápida e envio um abraço e as melhorasao amigo Vasco e os parabéns ao leão empatado. Mª Arminda.

Alberto Branquinho disse...

Miguel, Miguel

Se vires o Vasco, já totalmente recomposto, caminhar para ti, vestindo somente uma camisola sem mangas, já de braços levantados, assim a modos de quem vai dar um abraço, eu, cá por mim, FUGIA...

Para o Vasco da Gama

Desejo uma rápida e completa
recuperação.


Abraço para os dois

Tabanca do Centro disse...

E no mail da Tabanca do Centro estava este texto de mais um "anjo do céu". que agora aqui colocamos como comentário.

A todos os tabanqueiros do centro o meu bem-haja pelas as gargalhadas que me têm proporcionado.
As melhoras para o comandante Vasco da Gama
Ao Miguel Pessoa obrigada por ter enviado os versos cheios de humor e
À minha Amiga e colega Maria Arminda digo apenas:



Então menina Arminda!
Conhecia-te como mulher de raça
Contudo desconhecia
Que rimavas com tanta graça.


Aos tabanqueiros do centro
Pois no "centro" está a virtude
Um Novo Ano a contento
Repleto de saúde.


Vou ficar por aqui
Versada não é comigo
Bom Ano para ti
E as melhoras ao camarigo

Bom Ano para todos e com muitas gargalhadas para não deprimir-mos com a crise.

Rosa Serra
Enf. paraquedista

Santos Oliveira disse...

Parece que por causas do mesmo órgão, fiquei de fora dessas más e agora, boas notícias.
Ao Vasco, desejos de uma recuperação mais rápida que a que me está acontecendo.

Ao Miguel Pessoa, os meus parabéns pela veia Poética (isso, sim, desconhecido) já que as demais veias têm estado sempre bem no ar.

Abraços
Santos Oliveira

Anónimo disse...

Então o Camarigo Santos Oliveira também andou em reparações da máquina? E ninguém sabia de nada.

Bom, resta-me enviar-lhe um forte abraço, embora não muito apertado, não vá a máquina ressentir-se.

As melhoras.
BS