segunda-feira, 24 de outubro de 2011

P142: DIÁLOGOS EXPLOSIVOS DOS MARRETAS DO CENTRO - 2

Prosseguimos a transcrição das conversas mantidas por alguns dos nossos atabancados, neste caso motivadas pela publicação de um artigo neste blogue.


15 comentários:

Anónimo disse...

Não se diz uma coisa dessas dos Dragõõõeeees.

Então não foram eles que deram 5 para ajudar a tapar o burako do Jardim?

Tripeiro, mas por gostar de tripas.

Já agora, senhores da Naçãoe do Norte: Para quando uma tripalhada?

Titus M.

Torcat Mendonca disse...

Há um erro num nome e logo no CMDT Dessa.
É MURAIS....Murais e atira para o azul.
Nessa cor até há um pinto. Um. Já houve dois mas um era aproveitável.
O, agora existente, é mais um decrépito frango velho...não se formou capão...

AB, T.M:

Caius (Primeiro) disse...

Por causa do aumento dos pintos, é que agora já não dão autorização para implantar aviários ao pé da costa oceânica.
A partir de agora, só pintos do interior, ou nas Costas dos proverbiais inspectores.

Caius

Anónimo disse...

Ó Quim Rafa, ganda malha pá!
Gramei bué! Botas o sínico verde vestido de vermelho e apelidas o Almirante Vermelho de relho e velho.
Sempre atento este Morais...
Estou é a ficar baralhado com esta invasão de romanos, primeiro o Titus e agora o Caius....Serão espiões enviados pelo " Il cavalieri Berlusconi"?
Ainda por cima tropa a exigir tripa a seguir ao cozido... ,mais olhos que barriga a não ser que tragam com eles poção mágica, tipo viagra para o estômago....
Vou assinar este comentário antes que me caia em cima algum peixe de pequeno porte da família dos Clupeidas muito vulgar nas costas de Portugal.
" APRENDAM COM QUEM SABE"!

Vosso Camarada e Amigo

D'A.

Joaquim Mexia Alves disse...

Aviso à navegação:

Já deixei noutro comentário o pedido para que o "pissoal" embora use "assim tipo" uns pseudóminos, os arranje de tal forma que possam ser identificados, porque se não isto deixa de ter graça.

O D'A sabemos quem é o TM também, agora vêm para aqui uns romanos que se não se põe a pau ainda lhes atiro com o Obelix!!!

Meu caro Almirante

A autoria de tal quadro é do primo do Fernando Pessoa, o Miguel, de seu nome próprio.

A escrita é de um tal de Morais Alves, identificado na foto!!!

J.Belo disse...

Exmo.Sr.D'A. ..."de pequeno porte,da família dos (clupeidas),muito vulgar nas costas de Portugal".Näo terás , por mero acaso, escrito um (L) a mais na palavra "C(L)UPEIDAS"?É claro que há costas de Portugal,e costas de Portugal!A praia do Meco,bem junto da Costa da Caparica,costuma estar sempre cheia dos tais "C(L)UPEIDAS" sem (L). Grandes abracos.

antonio graça de abreu disse...

Esta rapaziada não quer entender que eu sou verde, verdíssimo. Quando quero, vejo tudo verde. O céu azul é verde, o mar (sobretudo o de Buarcos!)
é verde, o pinhal de Leiria
é, com todo o rigor, um pulmão verde que ajuda a Tabanca do Centro a respirar melhor. Até tenho um carro verde, um Hyundai verdíssimo
que galga quilómetros e quilómetros e só consome gasolina verde.
Gosto de mulheres verdes, verdinhas
e não encarnadas, vermelhas de pudor e vergonha quase a mostrarem a fruta verde a amadurecer nos meus braços, em carícias exaltadamente verdejantes.
Eu só fico satisfeito quando até a menstruação é verde.
O verde do leão pelas savanas africanas, onde, na Guiné, até as bajudas negras pintam os olhos e o corpo todo de verde. Jamais a águia, execrável ave de rapina, castanha e vermelha, a voar lá no alto à espera de abocanhar a presa indefesa. Jamais um dragão rodeado de trapos azuis mal pintados, um dragão, animal que nunca existiu, inventado por umas deformadas criaturas da China e adoptado por um galináceo pequeno que em Francelos deu à costa, o Pinto da Costa. O dragão azul é uma aldrabice, mas chateia bastante.
O ideal era o casamento com a águia vermelha, com um padre paramentado de verde a oficializar a cerimónia,Seriam muito infelizes e teriam muitos meninos, os dragonáguias, a voarem mal em circulos azuis e vermelhos até se esborracharem numa clareira de um bosque verdíssimo.

Abraço de todas as cores
deste verdelhão que pia em verde,

António Graça de Abreu

Anónimo disse...

O comandante D'A quer conversa por causa das "clupeidas" e o nosso embaixador na Lapónia também por causa do "L", mal por mal deixem lá estar o "L" está bem?

Já o senhor Morais Alves agora também aparece com "d'A" e a inveja é coisa feia sr. Morais Alves, ou será uma artimanha de um qualquer Pessoa?

Bom, enquanto se sabe e não sabe quem é quem neste cenário romano, vamos ao cozido que é já depois de amanhã, para mim sem pinto, não vá o diabo tecê-las.

Um abraço,
BS

Miguel disse...

Eh pá, não me metam ao barulho, que eu apenas me limitei a transcrever uns desatinos escritos por uns tantos apanhados do clima - desta vez nem sequer me meti na conversa...
Quanto à camisola vermelha do sportinguista AGA, não sou eu quem lhe escolhe as camisolas...
MP

Joaquim Mexia Alves disse...

Oh Sr. Graça de Abreu e isso também não será um pouco de "verde de inveja" porque o tal de dagrão azul voa mais alto, sobre os campos verdes por onde se arrasta o pobre leão, verde é certo, mas de inveja???

Oh Sr. d'E Sardinha

O Sr. Morais Alves é d'Almeida e não D'A, compreendeu?

daaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

J.Belo disse...

Caríssmo Amigo e Senhor Poeta Graca de Abreu. A cada um as suas qualidades! Demasiado consumo inspiracional de "peanuts,amendoim,mancarra" (e a jordnöt acrescento eu),levaräo à tal..."menstruacäo verde" por ti referida. Verde? Nem a galdéria da Micas, esquentado-sifilítica, da Tavessa do Enluarado,nos tempos do Baisso Alto Histórico da porta sim,porta sim...ÀH!!!A sensibilidade herótica dos poetas! Que inveja! Mas, a täo grandes distancias no espaco e tempo,fico verdadeiramente chocado,e repito-me,chocado,que,no fantástico clima de revivalismos vários hoje existente no país todos Vós aparentam esquecer o tempo em que,pelo menos em certos meios da minha Lisboa (ou seria antes...nos meios certos?)era "BEM" ser-se do Belenenses,pois os meninos e meninas viviam nas exclusivas vivendas do ainda mais exclusivo (entäo)Bairro do Restelo.O Hino Heróico seria mais ou menos assim:"A que clube pertences?"...Belenenses! "Onde gostas mais de vê-lo?"...No Restelo! "Quando ganhas gritas também...Belem! Belem!Só Belem! Meus Camaradas e Amigos!!! Isto é q'eram tempos! "Os meninos pecébem?" Mais muitos e variegados abracos.

J.Belo disse...

Meus Amigos. Onde está "Baiso Alto" que se leia...BAIRRO ALTO!!!!

Anónimo disse...

Ora venham de lá esses ossos D.José, O Belo!

Não o julgava tão conhecedor do Belenenses nem dos seus( do Belenenses ) gritos de guerra!
Um reparo no entanto terei de fazer pois face à elevada estatura moral do Morais e seus companheiros aquela do " Onde gostas mais de metê-lo?... No Restelo!", podia ter ficado no tinteiro...
E depois enaltece os tempos do "Faxismo" com "Isto é que eram tempos"! É preciso ter-se lata! Só lhe faltou dizer:

" Ó tempo volta p'ra traz e traz-me o Américo Thomás".

Terá com toda a certeza ficado baralhado com o escrito do Abreu? Também eu!

Vou voltar a lê-lo pela oitava vez para ver se a menstruação já mudou de cor!

D'A Gama

J.Belo disse...

Senhor D'A Gama. Bem poderá ler mais 100 veze a poética menstruacäo sifilítica verde,mas a única coisa que" mudou de cor", (até agora),terá sido o próprio Poeta.E ainda bem!Seguir-se o exemplo inteligente, de milhares de milhöes só mostra excelentes capacidades adaptativas,que,como se sabe, é fundamental para a sobrevivência das espécies,ou, para bons cargos políticos nos centros do poder europeu.Como diria o Reverendo Abade de um dos nossos grandes clássicos:"Invejas de pecadores...verba volant,scripta manent".(Ou terei aprendido esta entre lapöes?).Mas, antes d'abalar,e ainda a propósito de invejas,quem escreve este verdadeiro sexagésimo nono "canto- lusídiaco",rico em forma,conteúdo,(e näo menos...rima!):"Ó tempo volta p'ra traz e traz-me o Américo Thomás"... näo é gago!!!Quase se pode dizer que tem mesmo:" Asas para GAGUEJAR". E,mais muitos abracos,sempre,sempre,em todas as direcöes.

Anónimo disse...

http://site.ru - [url=http://site.ru]site[/url] site
site