quinta-feira, 15 de setembro de 2011

P119: O fotógrafo estava lá!!! (4)




O autor desta série "O fotógrafo estava lá!!!"
é o Juvenal Amado
.
.

4 comentários:

SMM disse...

Acho que sim!
Quer a vaca quer o porco têm razão.
O Sardinha não é motivo tido como suficiente para que não comam peixe, com a Vieira aí tão perto.
E claro, se não se comer peixe eu acabo por não receber o ordenado!

Pensem bem, sim?

Sou eu e a minha família que está em risco.

Por favor, senhores, tenham piedade.

A minha vida tambem é PRECIOSA!

Hélder Valério disse...

Como escreve o 'régulo', a imaginação está ao rubro.
É curiosa esta observação... não está 'azulada' nem 'esverdeada', está ao RUBRO! Calculo que seja para agradar ao "almirante" mas não havia 'nexexidade', ele agora anda feliz com as coisas da bola...
Quanto ao que dizem que os animais dizem, bem, parecem mais 'manobras da reacção'. 'O que eles querem sei eu'. Ora, onde é que já se viu cozido com sardinhas? Ainda se fosse caldeirada! Mas querem melhor 'caldeirada' que aquela que se apresenta à volta da D. Preciosa para deglutir o cozido "à portuguesa"? E ainda dizem por aí que há falta de patriotismo? Não senhor, o grupo da Tabanca do Centro é isso tudo. Patriótico, porque sim e porque come preferencialmente 'cozido à portuguesa' e é simultaneamente uma 'caldeirada' dada a mistura de, digamos assim, "sensibilidades".
Abraço
Hélder

Torcat Mendonca disse...

EXCELENTE

É A PALAVRA QUE ENCONTRO E TUDO DIZ...

Ab T

Anónimo disse...

Uff… Livrei-me da caldeirada, mesmo havendo quem queira peixe, negócios de família ao que diz, mas para esse repasto indico aquele tabancal mais a norte “O Senhor de Matosinhos” onde há sempre sardinhada, mesmo sem caldeiradas, sim, porque estas suportam tudo, mesmo peixes mais graúdos como cherne, não suportam é coelho, seja ele bravo ou manso. Quanto à forma para o cozinhar, aprovo a sugestão do Torcato, seja qual for, introduzam-lhe bem a cenoura, por causa do paladar, já que às caldeiradas nada a dizer, são o que são.
O facto de estar tudo ao “rubro”, com ou sem aspas ou andar tudo azul, escrito na cor, interrogo-me, não será possível alterar para em brasa, sim, é como se assa ou grelha qualquer comestível dos apregoados.
Como me parece não haver entendimento generalizado sobre esta matéria, acho melhor continuarmos no cozido até melhor sugestão.
Um abraço
BS