segunda-feira, 26 de agosto de 2013

P365: FRELIBU - UMA NOVA ROUPAGEM?!



MODELO DA F.R.E.L.I.B.U.

Recebemos de uma individualidade altamente referenciada de que preferimos manter o anonimato (embora acrescentando ter nome de relevo na epopeia dos Descobrimentos) uma carta que lhe foi enviada com o objectivo de a fazer chegar à Tabanca do Centro.
Congratulamo-nos com esse facto, visto ser um prenúncio de uma maior abertura da já conhecida FRELIBU, de que se adivinha um posicionamento bem mais tolerante do que o demonstrado pelos seus anteriores dirigentes.

“Dirijo-me a Vossas Senhorias, com respeito e consideração,  pois o Comité Central da nossa organização mundialmente conhecida por F.R.E.L.I.B.U., tomou conhecimento dos insanos esforços envidados pelos distintos senhores Pessoa e Alves no sentido de conseguirem, para a Vossa distinta e secreta organização denominado de Tabanca do Centro, um fardamento condigno com o mérito e com o valor moral e intelectual dos seus frequentadores, conhecidos por terem sido bravos Combatentes na Guiné.

 Apesar de já retirados de tais andanças africanas, continuam  famosos por serem devoradores de cozido á portuguesa merecendo, entre os mais conceituados jornais e revistas da nossa praça, o epíteto de “FRIEIRAS DE MONTE REAL”.
Como souberam os gajos desta nossa preocupação, estarão os senhores Pessoa e Alves a remoer!
Fácil a resposta!
Nem só Vossas Excelências têm Camaradas!

A nossa célula de Buarcos possui relações de privilégio com o Kamarada Putin e agora com o seu assessor Snowden nosso preclaro, famoso, ilustre, ínclito amigo de longa data, era ainda Obama uma criança!

Sabemos pois tudo o que se passa de mais importante em todo o mundo e tivemos acesso a todos os mailes trocados entre o famoso núcleo duro da Vossa Tabanca! (Sussurram-me aqui ao lado que “ Esses gajos a única coisa que têm duro é o núcleo”, mas prontamente  foi corrido daqui para fora á vergastada!). Desde que a ala moderada tomou conta do poder na F.R.E.L.I.B.U., mudou-se a linguagem e as relações internacionais estão agora a cargo de conhecido ex-administrador do B.P.P., caracterizado pelo seu discurso tolerante, amistoso e fraterno.

Deixemo-nos de palavreado barato e vamos ao que importa.
Segue em anexo o afamado, egrégio, notável “MODELO FRELIBU” da autoria do consagrado escritor/bloguista "and swedish/american stylist”  JOSEPH BELO, fotografado nos estúdios Ad-Hoc pelo insigne mestre das artes fotográficas e poéticas, o “POETA VAI Ó METRO” .

A pala que o cavalheiro ostenta é facultativa e tanto pode ser aplicada no olho direito como no olho esquerdo. Quem pretender duas palas terá de se alistar num partido a indicar pelo nosso Comité Central!

E pronto, recado dado. Dizer, para terminar, que há milhares de veraneantes em Buarcos com este modelo fabricado nas nossas oficinas do exército a cinco euros o quarteirão!
Sobram em camisolas o que nos falta em sardinha!

Com consideração e estima
Subscrevemo-nos,
pela
ALA MODERADA ou IRMANDADE MODERADA da FRELIBU!

( Don Jorge Gesus, conhecido por “Vai-timbora ó melga)”



7 comentários:

Hélder Valério disse...

Meus caros

Li com toda a atenção a 'carta' da 'FRELIBU moderada' e não vejo qualquer razão para temores.

Estão no seu pleno direito de também terem fatinhos janotas e só mostram que são pessoas prudentes estarem já a pensar no Carnaval do próximo ano.

Assim, sim!

Abraços
Hélder S.

Juvenal Amado disse...

Cá pra mim está tudo bem desde que os enchidos continuem da "milhor"colidade" as couves muito tenrinhas, os jarros de vinho sempre cheios e a sobremesas "bariadas"

Isso é que tem que ser respeitado senão manda-se um "drone"

Um abraço

Joaquim Mexia Alves disse...

Grande coisa é o humor!!!

Brilhante, como sempre!

Abraços

Joseph Belo disse...

Excelentíssimo Senhor Director da Revista KARAS.
É ao abrigo da Lei n-2/99 de 13 de Janeiro---Lei de Imprensa---Capítulo I-Artigo Primeiro/Parágrafos 1)2)3)...Salientando aqui o Parágrafo-3 quando diz:O exercício destes direitos näo pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.
----------------------------------
As verdadeiras qualidades dos nossos MAIORES tinham sido (até este poste!)bem representadas por heróicos-históricos Almirantes.
Figuras como a do Venerando Chefe do Estado Almirante Américo Tomás.
Oficial que tudo sacrificou em contínuas inauguracöes por todo um vasto Império,ao mesmo tempo que profundas licöes de dialéctica-política eram extraídas dos seus discursos ímpares.
Em época bem mais conturbada,outro Excelentíssimo Almirante(este näo "Venerando" mas "Sem Mêdo")elevava,se possível ainda mais, a tal "dialéctica-política" ao mandar, desde a Assembleia da República,os trabalhadores para local menos bem cheiroso.
Partindo de tais exemplos,será,pelo menos,inapropriado que clandestino Almirante (para o näo denominar Almirante de submarinos)venha, aqui e agora, apresentar uma FRELIBU revisionista decadentemente "aperaltada" por estrangeirados.
Näo fora a foto do COZIDO.........!
José Belo.

manuel maia disse...

COM A FARDA APERALTADA
OU "SUMA" BELO,DESPIDOS...
FRELIBU, E A "ALMIRANTADA",
NÃO RESISTEM AOS COZIDOS...

POR ISSO "DEIXA-OS POISAR",
QUE SÃO FRACAS AMEAÇAS...
E NA HORA DE AVANÇAR,
COZIDO VARREM,QUAIS TRAÇAS...


manuel maia disse...

E SE TROUXEREM AS FARDAS,
DEIXAI-OS QUE EM "MOCRACIA"
CONVÉM CONTAR ESPINGARDAS,
`IND`ANTES DA "GUERRA FRIA"...

Anónimo disse...

Mesmo sem tempo para estas andanças consegui vir aqui espreitar, divertir-me e rir com vontade.

Se o ditado diz "Ó Melga não voltes mais", aqui aplica-se o seu contrário - Ó Melga volta, quero mais.

Um abraço geral,
BS