quarta-feira, 17 de julho de 2013

P353: DO MANUEL MAIA - 3


6 comentários:

António Manuel - Tómanel disse...

Belíssimos alertas em jeito de poesia.
Um bom trabalho.
Cumprimentos.
Faro - Algarve

Hélder Valério disse...

Tens toda a razão, Maia.
Acho que não falta nada.
Análise completa e sugestões correctas.
Abraço
Hélder Sousa

Anónimo disse...

Manuel Maia,

Obrigado por mais este momento.
Estamos inteiramente de acordo em quase tudo que referes, mas, sinceramente, prisões? Mais gajos com cama mesa e roupa lavada sem poderem ser postos a trabalhar contra sua vontade...
Um abraço,
BS

Anónimo disse...

Belíssima análise e sábias sugestões pensadas em prosa, mas traduzidas em verso e que deveriam ser atendidas e postas em prática, por quem de direito.
Um abraço
Mª Arminda

joaquim disse...

A isto se chama "pegar fogo" em poesia!!!

Boa Manuel!

Um abraço amigo

Anónimo disse...

Obrigado Manel.Abraço caloroso mas não incendiário...JERO