domingo, 30 de junho de 2013

P348: DO MANUEL MAIA - 2


7 comentários:

joaquim disse...

Caro Manuel

Como sempre brilhante!

Mas hoje trata-se também de te dar os parabéns por mais um aniversário!

Por isso aqui fica o meu grande, forte e amigo abraço de parabéns!

Anónimo disse...

A qualidade da tua poesia é, sem sombre de dúvida, uma mais-valia para esta enorme Tabanca do Centro.

Aproveito o momento para te enviar um abraço de parabéns!

Vasco A. R. da Gama

Miguel disse...

Caro Manuel Maia, espero que esta colaboração possa prosseguir por muito mais tempo! Pelo menos eu cá fico à espera de textos teus...
E, já agora, um abraço de parabéns por mais um aniversário.
Abraço. Miguel Pessoa

Amsoares disse...

Caro Manuel Maia:

Obrigado pelo teu texto.É brilhante.

Aproveito para te dar um forte abraço de PARABÉNS e que contes muitos com saúde.Felicidades.

Artur Soares

manuelmaI disse...

CAMARIGOS,

GOSTARIA DE AGRADECER-VOS OS VOTOS FORMULADOS,NESTE DIA EM QUE SOMO MAIS UM NA QUALIDADE DE SEXAGENÁRIO.


SOIS AMIGOS VERDADEIROS QUE NÃO ESQUECEREI JAMAIS.

UM DIA DESTES VOU ENVIAR PARA O MIGUEL ALGUMA "COISINHA" MAIS .TENHO ANDADO EM BOLANDAS COM O PROBLEMAS DE SAÚDE DO MEU PAI,COM 90 ANOS, A CARECER DE VIGILÂNCIA GRANDE DEPOIS DE 15 DIAS DE INTERNAMENTO HOSPITALAR. FEZ UMA EMBOLIA PULMONAR.

QUANTO AO BRILHANTISMO E MAIS VALIA DOS MEUS ESCRITOS,SEI QUE SE TRATA DE UM EXAGERO QUE A VOSSA ENORME AMIZADE CONSEGUE GERAR.

UM OBRIGADO A ESSA TABANCA DO CENTRO PEJADA DE GENTE BOA E GERIDA PELO TRIO MARAVILHA A QUEM DEVO O PENHOR DA AMIZADE.

mm

Joseph Belo disse...

Um "retrato" brilhante,näo só dos nossos verdes anos,mas também de uma maneira (e carácter forte)de enfrentar a vida. Um duplo abraco de PARABÉNS...pelo Aniversário e pelo POEMA...do José Belo.

Anónimo disse...

Grande testemunho de coragem, retratado em verso. Uma maravilha!.. Embora tardiamente envio os meu votos de Parabéns e o rápido restabelecimento de saúde do seu pai. A longa idade e a sua situação de doença, requerem muitos cuidados. Um abraço amigo. Mª Arminda