segunda-feira, 4 de março de 2013

P310: MANIFESTO ANTI-KARAS?


6 comentários:

joseph belo disse...

Quer acreditem,ou näo,neste preciso momento à porta da minha casa estäo 24 graus negativos(!).Ora isto acaba sempre por provocar perguntas existênciais profundas a este "Bacances":BUARCOS-da-FOZ? Será que finalmente se faz justica e o aldeamentozito de Buarcos ,para vir nos mapas, tem que ter a referëncia "Foz" da täo justamente dominante...Figueira da Foz? Um grande abraco.

Joaquim Mexia Alves disse...

Brilhante!!! Esplêndido!!! Fantástico!!!

Vasco da Gama no seu melhor!!!

E digam lá se não é de ter orgulho nesta Tabanca do Centro que tais atabancados tem???

Não sei o que o Marquês de Mato o Cão tem a dizer, mas penso que deve ter ficado mudo perante tal demonstração literária!

Grande e amigo abraço ao Vasco e a todos.

Anónimo disse...

Depois de tantos elogios e de quase esgotados por açabarcamento pelo “Amado Chefe” de todos os sinónimos que tal possibilitam, quase fico sem poder dizer o que me vai na alma.

Talvez mesmo o certo fosse uma “comenda”, como aquelas “encomendas” que todos os anos são distribuídas entre políticos, homens de bem e outros assim assim.

Não tendo poderes que me permitam essas decisões, deixo o meu modesto contributo que se resume a um grande e forte abraço com o pedido de continuação, no mesmo espírito, mesmo sabendo não ser santo, nem divino, mas não deixando de ser um texto que proporciona uma leitura divinal.
BS

antonio graça de abreu disse...

Vasco do Gama, almirante sem barco, só há um,
o outro, marinheiro de quinhentos,
afogou-se no tempo, catrapum.
Porque em Buarcos, nem os céus são pardacentos.
Incendeia-se o sol, ao entardecer
e Vasco da Gama singra, rubro de prazer.

Abraço,

António Graça de Abreu

joseph belo disse...

A luta política,que näo pessoal, (como soi dizer-se na Assembleia da República),com o Derigente,Lider,Pastor,Mentor,Comandante,Boss,Guru ou Chairman de uma certa FRELIBU,faz,por vezes,perder-se todo um sentido das proporcöes.Obriga-me agora,a frio(e literalmente no frio!),a um pedido de desculpas à Mui Nobre Cidade de Buarcos. e Seus Ilustres Habitantes.Verdadeiro Egas Moniz,descalco e com a corda ao pescoco ("pescôco" com cedilha!).Mas, talvez seja de se compreender.Uma FRELIBU que muda continuamente de cor será mais própria de Comissäo Europeia do que representante de gente honrada.Navegantes Históricos, com nomes reconhecidos da Lapónia à Patagónia, deveriam obrigar-nos a manter rotas,e näo menos,as CORES das plumas da passarinha(salvo seja!) Vitória.Mas,e voltando à sentida auto-crítica---Está já publicado no farol da Cultura Lusitana no Árctico blog lapplandinkeywest.blogspot.com uma reportagem fotográfica sobre a Cidade de Buarcos,os seus habitantes e navegadores.Obviamente acompanhada de um video do Rancho das Cantarinhas de Buarcos.Por último,e näo menos,um pedido de desculpas em (19) idiomas. .Lamentavelmente,e por näo dispor dos símbolos dos respectivos alfabetos,os pedidos de desculpas em Hindu,Russo,Árabe, Hebraico,Japonês,Chinês e.....Mirandês näo fazem parte da lista publicada no referido blog. Saudacöes Amigas.

Anónimo disse...

Cada vez mais, fico espantada com a veia poética e não só bem como a boa disposição destes "Atambancados". Esta Tabanca do Centro, tem grandes talentos em várias áreas e tem uma animação tão necessária nos dias de hoje.Parabéns ao "Grande Navegador de Buarcos".Um abraço Mª Arminda