sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

P297: O JERO TEVE UM DIA ESPECIAL

11 comentários:

joaquim disse...

Pois, e o Jero, discreto como sempre, quase não quis que se soubesse desta apresentação, tendo apenas ao que sei feito um discretíssimo anúncio no facebook, que muito me penitencio de não ter visto.

Por isso mesmo, não sabendo do evento, não pude dar o meu abraço muito amigo ao Jero neste dia, o que muito me custa, não só pela amizade que lhe tenho, mas também porque é um amigo sempre presente nos eventos dos seus amigos, nos quais me incluo.

Parabéns, dou-lhos, mas por ser um homem bom, leal, sério, sincero, amigo do seu amigo, porque do livro, já foram tantos os elogios que recebeu que eu nada iria acrescentar, a não ser dizer que era bom que muito mais combatentes escrevessem livros com este, baseados no que viveram realmente e não no que acham que viveram.

A minha recenssão ao seu livro é apenas e só esta: um grande, forte e amigo abraço, Jero! É bom ser teu amigo!

Anónimo disse...

Bom dia Joaquim
Mais uma "condecoração".Muito obrigado pelo teu sentido testemunho.Que velhice de luxo estou a ter graças aos amigos das tabanca Grande e tabanca do Centro !É muito bom ser teu Amigo.
JERO

Anónimo disse...

Começo por dar os parabéns ao fotojornalista Miguel Pessoa pela reportagem com que nos brinda, merece a carteira de jornalista pela qualidade do seu trabalho.
Depois passo ao JERO, a quem agradeço pela sua amizade e para o felicitar por mais este relançamento do seu livro, mais ainda pela forma característica que o Miguel refere na sua crónica.
Um grande e forte abraço para o JERO.
BS

joseph belo disse...

Há Amigos que nos fazem sentir bem.Bem com o mundo,e näo menos,bem com nós próprios.O Jero,na sua maneira discreta "de estar",é um deles.Compreendo bem qual näo terá sido o merecido orgulho por o seu livro ser apresentado pela própria filha.Um grande abraco ao Autor e ao Amigo.José Belo

Anónimo disse...

Depois das sábias palavras dos comentadores anteriores, nas quais me revejo por inteiro, que mais poderei acrescentar?

Um grande abraço de parabéns para o "nosso" JERO por esta apresentação do seu livro e estar-lhe grato por o ter no meu grupo de Amigos.

Ele sabe que pode contar comigo como eu conto com ele!

Vasco A. R. DA Gama

JD disse...

Meu Caro Jero,
Antes do mais congratulo-me com a tua alegria por mais um livro. E congratulo-me pela amizades aqui expressas, daquelas que nada pedem, e só têm para dar.
É a viva expressão da camaradagem.
Abraços fraternos
JD

António Pimentel disse...

Olá Jero,

terá sido, não tenho dúvida, um momento mt bonito na tua vida.
Daqui desta pequena e modesta localidade submetida aos ditames ditatoriais do alirantado...

vai um grande abraço

António Pimentel

Anónimo disse...

Quero aqui apresentar os meus parabéns ao amigo Jero, pelo seu livro de memórias da Guiné. Deve ter sido emocionante a apresentação do mesmo, pela sua filha.É de se ficar orgulhoso e para a sua filha por certo,uma grande honra, por ter tal pai.Não deve ter acontecido a outros combatentes idêntico acontecimento. Envio para ambos um beij.
Agradeço ao nosso amigo Miguel por mais esta boa reportagem.Mª Arminda

Anónimo disse...

Bom dia Camarigos.Agradeço muito os v/s comentários.O dia 15 de Janeiro foi um dos dias mais felizes da minha vida.Obrigado Joaquim Mexia Alves,obrigado Belarmino Sardinha,obrigado José Belo,obrigado Vasco da Gama,obrigado José Dinis,obrigado António Pimentel, obrigada Maria Arminda, obrigado Miguel Pessoa. Obrigada ao blog Tabanca do Centro.
Abraço continuado em meu nome e de minha Filha.JERO

Santos Oliveira disse...

É uma redundância, mas o que já foi dito pelos Comentadores que anteceden esta presença, é, por si mesmo, o merecido Louvor pela Obra e pelo Perfil.
Uma palavra, apenas: PARABÉNS.

Abraços, do
Santos Oliveira

Anónimo disse...

Duas palavras caro Santos Oliveira: MUITO OBRIGADO.
JERO