domingo, 29 de abril de 2012

P223: EVITEM ENTRAR EM TOURADAS!

No decorrer de um dos nossos convívios em Monte Real, alguém presente pensou na hipótese de se organizar uma tourada para “entreter” o pessoal. Rapidamente esses planos se desfizeram face ao conselho dado pela Sociedade Protectora dos Toureiros (SPT): “Não se metam em touradas!”.

Segundo aquela SPT, nos últimos tempos tem-se verificado um acréscimo de incidentes nas praças de touros, com os animais cada vez mais preparados para o confronto com os toureiros mercê de um treino intenso em artes marciais.

Damos para exemplo, numa tourada recente, esta imagem que mostra o modo agressivo como o touro reagiu a um simples aceno do seu oponente. Para evitar ferir susceptibilidades, não apresentamos as imagens seguintes; mas sempre podemos acrescentar que o desgraçado ficou feito num oito… O toureiro, claro!



PS1 - Esta informação foi-nos dada por fonte geralmente mal informada e  apenas se justifica pela necessidade de inventarmos uma legenda para a imagem…

PS2 – A mesma fonte garante-nos que no decorrer desta cena não ficou ferido nenhum espectador. Já o mesmo não podemos garantir relativamente ao touro e ao toureiro que estavam no meio da praça…

5 comentários:

J.B. disse...

O que se torna necessário ser feito pelas "alimárias", no nosso querido Portugal de hoje,para irem sobrevivendo aos geniais políticos,à troika,e à...crise! (E meus Amigos,näo resisto a referir esta foto no verdadeiro farol da cultura Lusitana que brilha nas estepes geladas da Lapónia ...http://swedishlaplandtokeywest.blogspot.com )Obs/Com a devida autorizacäo do Exm.Sr.Editor do KARAS.

Anónimo disse...

Olhe lá ó senhor touro: isso são modos?

Mostrar as partes pudendas, que deviam estar bem recatadas, assim às claras e a toda a gente!!!!

O senhor é um vaidoso e aqui e agora o desafio a vir até à praça de touros da Figueira da Foz mostrar os seus golpes de karaté ao pessoal de Buarcos!

Juro que lhe partimos os apêndices duros e recurvados que tem na cabeça...

Antes as renas do Kamarada do frio, sempre tão serenas, modestas e bem compostas...Enfim outras "colturas"...

El Forcadito da praça forte de Buarcos

J.B. disse...

Exm.Sr.Almirante...das "índias"(!) do Largo do Baúto, da saudosa Lisboa d'antanho.Fala-nos das partes pudendas...e eu que só tinha reparado nas mäozinhas delicadas d'alimária.E,por aqui näo me vou alongar.Com a idade, tenho aprendido a ter condescendentes compreensöes para tais "lastros" relacionados com a...zoofilia. Um daqueles abracos.

J.B. disse...

Há que dar razäo a quem a tem.Depois de observar a foto "à lupa" tenho que concordar com o Grandioso Matador da Monumental de Buarcos "El NAVEGANTE".O que aparenta serem as maozinhas d'alimária poderäo ser as tais "partes pudendas" por ele referidas,mas...descaídas.(Bem descaídas!).Como todos os outros "(B)acances" na estranja, lá cometi o indesculpável erro de confundir a palavra "zoofilia" com "zoomorfismo".Espero que o SR.Almirante me desculpe,e sinceramente NÄO o tome por intencional.Saiba V.Exa.que no dia do estudo da zoofilia eu tinha sido expulso(como habitualmente na tropa!) da minha aula de...hermenêutica. E,antes de lhe enviar mais abracos contritos recomendo-lhe uma passagem pelo YOUTUBE-Tereza Tarouca-Fado do Cartaz(A versäo que tem um forcado na foto).Vale a pena e...vem a propósito.

Anónimo disse...

Amigos, estão a ser injustos ao brincarem com este nobre touro. Ele até fez o pino melhor que muitos forcados e toureiros, apesar de eu ter muita admiração por esses artistas da tauromaquia. O que sei é que os amigos continuam com uma belíssima disposição e com tudo arranjam uma história engraçada para se divertirem e alegrarem quem as lê. Mª Arminda