quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

P874: A UM COLABORADOR DEDICADO


4 comentários:

55475547 disse...

É para mim um verdadeiro privilégio e uma honra, poder conviver com os ex-combatentes, regressados da guerra que lhes tirou parte da juventude, companheiros, e amigos mortos em combate, em traiçoeiras minas e emboscas... Eu não sou o único, não combatente que vos acompanha, e que sente grande respeito e admiração, pela vossa história, que afinal é a nossa, a de todos nós Portugueses, a história de Portugal. O publico louvor que hoje me fizeram, é em tudo superior ao fiz até ao momento que é estar presente e colaborar com a Tabanca do Centro, e por esse facto estou muito agradecido, sinto que posso ser útil de alguma maneira, é um privilégio.
O meu Obrigado pela Amizade.
Paulo Moreno

Anónimo disse...

Grande abraço Paulo Moreno. És um jovem exemplar e fiquei muito satisfeito com o teu merecido louvor.Serás um dos conti«nuadores da Tabanca do Centro.Grato pela tua amizade
JERO

Ley Garcia disse...

Parabéns ao Paulo Moreno e Parabéns aos Comandantes da Tabanca por saberem reconhecer quem faz alguma coisa mais pela Tabanca e os seus Combatentes.
Bom trabalho.
Ley Garcia

MANUEL MENDES Mendes disse...

Paulo Moreno, sinto com orgulho a sua participação nos nossos convivios e muito gostaria que muitos mais sentissem aquilo que o senhor sente pela nossa geração. Fomos Jovens, Fomos COMBATENTES NO ULTRAMAR e com muita hora o digo. Infelizmente já somos poucos os que restamos porque a nossa idade já não perdoa. Mas a minha maior tristeza é saber que muito poucos nos irão recordar no futuro. Desde o 25 de abril de 1974 que os politicos tentam denegrir ou esconder a nossa raça de COMBATENTES E MUITO MAIS OS NOSSOS HEROIS MORTOS. Mesmo muitos quadros militares o fazem e até alguns responsaveis das nossas ligas de COMBATENTES. Embora, nos utilizem sempre como moeda de troca.
Até ao ultimo Combatente a viver devemos sempre recordar aquilo que fomos e o orgulho que temos e nunca nos esquecermos que seja ou tenha sido em qualquer sitio do ULTRAMAR, fomos COMBATENTES PELA NOSSA BANDEIRA E A NOSSA PÁTRIA, embora alguns, felizmente poucos hoje reneguem a sua PÁTRIA em troco de ideologias para já não falar nos cobardes, traidores e desertores. Um grande abraço a todos os Combatentes e principalmente ao PAULO MORENO.