sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

P304: MODAS E BORDADOS...

7 comentários:

Anónimo disse...

Fiquei encantada com esta nova colecção. Os modelos já nossos conhecidos, pelas suas férteis imaginações, ainda vão meter inveja aos manequins dos grandes costureiros,num próximo desfil.Tenho que arranjar o modelo (azul celeste), da Senhora de Lisboa. Esta Tabanca do Centro é o máximo. Parabéns ao articulista e aos estimados "Tabanqueiros", que desfilaram e nos apresentaram esta mostra. Um abraço Mª Arminda

Anónimo disse...

Que grande notícia esta contratação, mas não é menos de ter em consideração os modelos que apresentaram tão prestigiada colecção. Sem dúvida vamos gastar as nossas (pou)panças para vestirmos equipqmentos de tão alto gabarito.

Contudo, há que ter cuidado com a liguagem da estilista, pois tive um colega que, por falar um português com um sotaque arrevesado, a atirar para os de Setúbal, nunca podia pedir uma garrafa de um bom vinho como o Esporão.

Vamos aguardar mais novidades, certamente o entusiasmo e a vontade não vão faltar para dar continuidade a novos acontecimentos.
BS

joseph belo disse...

Na sua "Ênclise"...Enciclopédico! Mas,e como em todas as maravilhas da natureza,näo livre de alguns "senöes".O primeiro(mais compreensivo por certamente passado num certo calor dos digestivos)é a näo referência ao facto,óbvio pela cor(das camisolas e dos utentes),de o Sr.Almirante D'A e o Reverendo Monge de Ciscobaca (e falta a maldita da cedilha!)terem trocado camisolas depois da apitadela final da lida contra-cozido. O segundo,(lamentando a obrigacäo de o referir como "ERRO",mas a isso obrigado pela gravidade das repercurssöes internacionais),é a menos factual referencia a uma,e cito:Regiäo Autónoma de Buarcos.....O registado,com o devido relevo,e reconhecido por todos os países membros das Nacöes Unidas (mesmo aqueles em que o papel higiénico ainda se näo usa)é:"Sultanato Independente(!)do BUARC-QUISTÄO",sendo desde épocas pré-históricas os seus famosos navegantes sempre referidos com respeito temeroso como:"Os-que-para-lá-estäo". Esperamos por parte de V.Exc.a maior atencäo.

joseph belo disse...

E aproveito "A tua agulha e o teu dedal" do saudoso Pátio das Cantigas (Beatriz Costa/Vasco Santana)para lembrar aos desenhadores-criadores,modelos e outros que tais,o terem o maior cuidado em näo dar uma voltinha por Nova York,tendo em conta o lá passado entre "modelos" e "cronistas" de renome. Um grande abraco.

joseph belo disse...

Sou obrigado a aqui voltar para humildemente pedir aos Amigos que se meteram em "Modas e Bordados" para terem um pouco de mais cuidado com o que andam a criar.Tive oportunidade de ver(AGORA MESMO!) em programa da TV Sueca transmitido para toda a Escandinavia,que a Bandeira Portuguesa colocada à entrada da sede do Conselho Europeu em Bruxelas tinha PAGODES CHINESES em vez dos tradicionais Castelos! (Como A TV fez referencia ao jornal Expresso,já lá fui on line e a reportagem também lá está).Todos sabemos que o país está UM PAGODE,mas haverá limites quanto a gozar com o símbolo nacional que é a bandeira.Depois de hasteada ao contrário pelo Senhor Presidente da República,vem agora esta dos pagodes há porta do Sr.Dr.Duräo Barroso.Näo fora estar tanto frio na Lapónia.....diria logo que se tratava de saudades do Excm."Chaiman" Europeu dos seus tempos de Maoista.(Ou será que o Amigo e Camarada Graca de Abreu também faz parte da equipa dos "Cozidos e Bordados"?).Um abraco de um Lusitano neste momento...exaltado! (PS/Näo é brincadeira,a bandeira com os pagodes em lugar dos castelos estava mesmo lá).

Anónimo disse...

“BUAGUEKOS em POLVOGOSA”

CAMAGUIGOS,

Tocagam os sinos a guebate na ancestgal vila de Buagkos e o povo saiu á gua manifestando-se guidosamente contga uma safagdola que se auto intitula SENHOGUIA D’A, acusado de alta tgaição aos integuesses do nosso queguido exéguecito da FEGUÉLIBU, que acaba de obtegue impoguetante vitóguia, conquistando pela fôgueça das aguemas a vizinha Figueiga da Foz, hoje designada por Buagkos da Foz.
Esse safado, votado ao despegzo no nosso buguego, alinhou, ao que paguece, numa passagem de modas de uma tal Tabanca do Centego, na companhia de outegos camagadas velhotes e decguepéticos que vigagam modelos!
Vigague nesta idade é muito peguigoso tanto mais que o equipamento do nosso queguido exeguecito apenas contempla um modelo democgaticamente imposto a todos os guegueigos .
Guegazão tem esse guegande mestegue da moda integuenacional, o conceituado estilista Jôsê Beau, ao avisague esta pandilha dos pegoblemas entegue modelos e coguenistas não só na Améguica, como guefegue, mas em todo o mundo.
Ainda hoje em peguimeiga página do Cogueio da Manhã apaguece mais uma teguiste histoguia desses estilistas.
Vamos lá a tomague juizinho e TODOS os modelos e quegonistas que apaguecem nas fetogafias estão pegueobidos de passague as fegonteigas do nosso Buagkos sobegue pena de apanhaguem um agaial de pogada!

VIVA O BUAGUEKOS MACHISTA

antonio graça de abreu disse...

Essa da bandeira com pagodes deve ser obra das negociatas sínicas do costureiro Peter Steps Rabbit (P Passos Coelho) que corta a valer, e depois cose, com uns chineses das Três Gargantas a meter a água no pagode.

O meu maoismo já passou há muito tempo, mas a China é eterna.

Abraço,

António Graça de Abreu