segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

P77: Periodicidade dos Encontros da Tabanca do Centro

.
.
Porque se colocou a questão entre alguns membros da Tabanca do Centro, fica colocada ao lado uma sondagem, para responder até ao dia 14 de Março.
Façam o favor de dizer de vossa justiça.
Podem, obviamente fazer os vosso comentários aqui, neste texto.
Um abraço para todos, do vosso camarigo
Joaquim
Nota:
Por favor camarigos, para além do comentário dizendo de vossa justiça não se esqueçam de "botar" o voto na sondagem ali mesmo ao lado. OK!!!
.
..

12 comentários:

Anónimo disse...

Comandante - Chefe, a minha resposta é que a periodicidade dos nossos encontros se deve manter mensalmente.
1. Poderemos, talvez, mesmo à quarta feira dar a possibilidade de escolha de um outro prato para que algum camarada possa variar a ementa.
2. A quarta feira tem à partida a desvantagem de " concorrer" com a Tabanca de Matosinhos, mais antiga, e com fidelidade assegurada de camarigos que eventualmente não se importariam de uma vez por mês descer até ao Centro se o dia fosse outro.
3.Dias 9 e 16 do mês de Março não poderei estar presente por motivo de examea médicos.

Um abraço amigo do meu Buarcos lindo cujo brazão vai percorrendo a Europa...

Vasco A. R. da Gama

António Martins Matos disse...

A minha proposta é diferente do Vasco da Gama, talvez por ele ter nome de marinheiro e eu pertencer ao ar.
Apesar da designação de "Tabanca do Centro" o que é um facto é que o pessoal vem do Norte e Sul, manga de kilómetros.
O meu voto vai para ser "de dois em dois meses, sempre à quarta feira e sempre cozido"
Abraços
AMM

Anónimo disse...

Boa noite Comandante Joaquim
Subscrevo a tese do Almirante Vasco. Uma por mês.
O tempo voa e se não aproveitamos agora! Digo eu...que caminho a passos largos (embora coxo do meu joelho direito) para os 71.Também voto no cozido e na 4ª.feira.
Um abraço de Alcobaça,
JERO

PS- Posso inscrever-me por esta via para o Encontro Anual de Junho?

Se fôr permitido aqui fica o José Eduardo Oliveira (JERO).

CENTURIÃO-MOR disse...

01/03/2011
Amigo
Camarigo CHEFE da "TABANCA do CENTRO"

Aqui estou eu, L.Rainha, para dar a minha resposta ao assunto agora levantado.
1º- Desde o início tenho comparecido às REUNIÕES da última quarta-feira de cada mês.
2º- Se, aqueles que juntos fizeram as LEIS da TABANCA do CENTRO, porque é que hão-de vir agora outros modificar o que está feito?
3º- Efectuar qualquer alteração ao dia da REUNIÃO, pois segundo o meu ponto de vista e de mais alguém é matar este nosso CONVÍVIO.
4º- Quem não quiser estar presente todos os meses, não esteja, mas não se altere o que foi feito.
5º- Se alguém quiser, por que está saturado de COZIDO, peça-se à "MATER - D. Preciosa, se pode fazer algo diferente para esses enjoados.
6º- Portanto, como me perguntaram a minha opinião ela é SIM, deve-se manter o que está. Com esta atitude não quero ferir suscetibilidades e como tal peço desculpa por estar a meter foice em ceara alheia.
Bem, fico por aqui e nada mais digo.
Ao Camarigo e Amigo CHEFE DA TABANCA do CENTRO aqui deixo um abraço
LUIS RAINHA

Joaquim Mexia Alves disse...

Obrigado a todos os camarigos por irem mostrando a vossa opinião.

Caro camarigo Luís

Tenho que te responder ao teu comentário, porque ele não é justo e faz apreciações que não correspondem à realidade.

«2º- Se, aqueles que juntos fizeram as LEIS da TABANCA do CENTRO, porque é que hão-de vir agora outros modificar o que está feito?»

Nunca ninguém fez nenhuma "lei" que os encontros tinham de ser à Quarta feira e à última de cada mês. É assim por conveniência, sobretudo minha.
Não há "outros" a modificar coisa nenhuma.
Todos temos direito à nossa opinião e eu também me coloquei a pergunta se devia ser mensal ou de dois em dois meses, por isso mesmo decidi interrogar a Tabanca.

«3º- Efectuar qualquer alteração ao dia da REUNIÃO, pois segundo o meu ponto de vista e de mais alguém é matar este nosso CONVÍVIO.»

Não vejo francamente porquê? Uma coisa é querer todos os meses, outra é querer mês sim mês não. Em que é que isto mata os encontros?
As reuniões de Batalhão fazem-se uma vez por mês e não é por isso que deixam de acontecer.

«5º- Se alguém quiser, por que está saturado de COZIDO, peça-se à "MATER - D. Preciosa, se pode fazer algo diferente para esses enjoados.»

Lá porque alguém não gosta de cozido não precisas de os apelidar de "enjoados".
Depois a Preciosa tem muita dificuldade na Quarta feira em fazer outros pratos.

A tua opinião não é "meter a foice em seara alheia" mas sim meter a foice na tua seara, só que esta seara para além de tua é também de outros que têm direito à sua opinião.

Meu caro amigo Luís
Ninguém quer acabar com a Tabanca do Centro, mas sim continuar a fazer dela um espaço de convivio em que todos se sintam bem e confortavelmente.

Um grande abraço para todos

Manuel Reis disse...

Grande Camarigo Mexia Alves:

Quanto à periodicidade mensal nada a opor.
Partilho da opinião do Vasco da Gama da existência de um prato alternativo, dentro das possibilidades da D. Preciosa.

Um abraço para todos.

Manuel Reis

Miguel disse...

Olá pessoal
Reservo para mais tarde a minha votação ali no cantinho da direita. A verdade é que eu ia mais pela abstenção, isto porque estou dividido entre a vontade de confraternizar com os "centristas" e a vontade de participar noutros convívios - já tenho os vários dos paraquedistas por parte da Giselda, e a Tabanca da Linha também me tem visto por lá...
Por isso aceito como boa a decisão que vier a ser tomada. E lá tentaremos comparecer às convocatórias que vierem a surgir...
Um abraço. Miguel Pessoa

J.Belo disse...

Como as "más influências" do meu querido Amigo Joquim,cada vez me levam mais para o centro,sinto-me no direito de ,aqui de longe, também "botar o boto"(Tanto "B" para os lembrar que sou o mais nortenho de todos os nortenhos da Europa! E,o Norte é uma "Nacon"/com cedilha!).E assim farei ali mesmo ao lado.Que me sejam,no entanto permitidos alguns curtos comentários....de voto. À Sua Senhoria D'A Gama diria,(em linguagem muito diplomática)que essa da possibilidade de escolha de um outro prato, näo lembra nem ao Rei dos Suecos(comparacäo já bem ofensiva para Vossa Senhoria D'A Gama)! Ao Camarada A.M.M.digo que:Formamos já o "quadrado" e COZIDO À Portuguesa...SEMPRE! Näo concordo com o Camarada Luís Rainha quando se refere aos que estäo saturados do COZIDO como,simplesmente...."enjoados"!Falta-me o engenho e a arte de um Luís Vaz de C. para lhes chamar tudo o que merecem! Porque,meu caríssimo Amigo Joquim,se alguém näo gosta de COZIDO os 365 dias do ano....haverá nome suficientemente sarcástico(e näo só!) para lhe ser chamado? E,finalmente(jà?),a Miguel Pessoa pergunto humildemente:-Há COZIDO nos outros convívios?Se näo há....nem com os paraquedistas se safam! Aquele abraco!

J.Belo disse...

Carágo!Lá fui ber os números e botei c'a maiória! Estás a ver Joquim? Estou cada vez mais ao...centro!

Jorge Narciso disse...

Carissimo Joaquim e restantes "Tabanqueiros"

Eu sei, eu sei, sou de longe dos mais faltosos de todos (2 encontros por junto e atacado), mas juro que vontade não me falta... nunca.
Nem do sempre agradavel convivio nem do primoroso cozido da D. Preciosa.

Assim mesmo, e porque consto dos cadernos "eleitorais", não prescindo do meu voto, que aliás acabei de exercer: no mensal pois claro.
É que assim a minha quase sempre "eventual" concretização de vontade se torna duplamente mais viável.

Abração

Jorge Narciso

Juvenal Amado disse...

Camaradas embora eu seja dos que faltei ás duas últimas convocatórias por motivos que não interessam nada, não deixo por conseguinte de «botar» a minha opinião.
SE fosse possivel estaria convosco todas as semanas e não me importava nada que fosse sempre cozido.
Assim sendo dentro da disponibilidade de cada um, estou de acordo com o almoço seja mensal.
No entanto não me oporei de forma alguma, que por interesse estratégico resultante de «ataques ao arame» vindo de outras tabancas,
possamos variar com umas feijoadas, ou mesmo umas bacalhauzadas, noutros dias da semana.

Está pois dito.
Um abraço para todos

Agostinho disse...

Caramigos da Tabanca do Centro e comentaristas e votantes do assunto: “PERIODICIDADE DOS ENCONTROS DA TABANCA DO CENTRO”,

Reconheço que alguns dos amigos tenham de fazer uma deslocação de longe para passarmos algumas horas de convívio.
Quanto ao almoço ser à quarta-feira não vai impedir que os nossos caramigos do norte não possam estar presentes, porque na Tabanca de Matosinhos o almoço é todas as quartas-feiras e sem marcação. Eu próprio já estive presente num desses almoços em Matosinhos, quando começou o almoço éramos 10, quando acabou a sala estava cheia, sem haver marcações prévias, o restaurante assegura o almoço para todos à medida que vão chegando as pessoas.
Entendo a opinião do Miguel Pessoa, como pertence a mais do que uma “guerra” (paraquedistas, força aérea e ainda faz companhia ao exército) e tem muitos convívios, talvez não consiga estar em todos.
A meu favor, como estou a poucos km’s do “Cozido”, para mim, voto um SIM a ficar como está, uma vez por mês.
No meu parecer, sendo todos os meses, com muita ou pouca companhia, a Tabanca do Centro continua a ter alma e vida! E a lembrar as velhas histórias! E ninguém está a alterar as “Leis”, pois não houve escritura no Notário, nem Acta de Tomada de Posse… Somos todos amigos, apenas temos ideias diferentes.

Com os melhores cumprimentos,
Agostinho Gaspar